Saúde

Castro Alves: Moradores bloqueiam BR contra fechamento de maternidade

Foto: Reprodução / Bahia 10
Moradores de Castro Alves, no Recôncavo, fazem uma manifestação na manhã desta quarta-feira (13) na frente da maternidade local. Os manifestantes ocupam a rua da maternidade, que fica no centro da cidade, e bloquearam os dois sentidos de um trecho da BR-242, na saída de Castro Alves para a cidade de Santa Terezinha. O motivo do protesto é a paralisação das atividades na unidade de saúde, que ocorre desde a segunda-feira (11). Apenas casos de urgência e emergência são atendidos no local. Segundo a Delegacia Territorial, os moradores queimaram pneus e usam cartazes e faixas para reivindicar a volta dos serviços. Estão suspensos os atendimentos de raio-X, ultrassonografia e consultas com cardiologista, ginecologista e pediatria. O sindicato dos trabalhadores em saúde da Bahia (Sindsaúde) afirmou que os salários dos servidores estão atrasados há mais de quatro meses. Além disso, há reclamações quanto à falta de medicamentos e fornecimento de alimentação.
Pesquisa revela que malhar acompanhado ajuda a melhorar desenvolvimento

Foto: Divulgação
A companhia de um amigo, namorado ou algum parente durante o treino de academia tem efeitos benéficos, segundo um estudo da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP). A prática ajuda a concluir os treinamentos e até reduz o estresse, já que a interação social entre os praticantes faz com que um apoie o outro. “A presença de um amigo serve de apoio para que a pessoa se mantenha fiel aos seus objetivos. Além disso, eles podem se ajudar acompanhando a evolução de cada um nos treinos e compartilhando as dificuldades encontradas em cada série realizada”, afirmou o educador físico Mateus Riccio. Malhar acompanhado ainda estimula o sentimento de “espírito de equipe” e uma saudável competitividade. “A competitividade, quando encarada de modo saudável, nos ajuda a ultrapassar desafios e estipular novas metas”, avaliou o professor.
17 mil médicos brasileiros formados no exterior não têm diploma reconhecido

Foto: Getty Images
O Brasil tem aproximadamente 17 mil médicos brasileiros formados no exterior que não podem exercer a medicina por não terem os diplomas reconhecidos, de acordo com estimativa da Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética (Anadem). O número foi divulgado nesta terça-feira (12), em audiência pública sobre a atual demanda por Revalidação de Diplomas de Medicina obtidos no exterior na Comissão de Educação na Câmara dos Deputados. “Temos entre 15 mil e 20 mil desempregados ou trabalhando de enfermeiros, de auxiliares. São bacharéis em medicina, não são médicos”, afirmou o presidente da Anadem, Raul Canal. Segundo a Agência Brasil, Canal criticou a dificuldade do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedido por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida), uma das principais formas de revalidação do diploma no país. Além do Revalida, há outros processos em instituições federais de ensino superior. Segundo ele, no entanto, houve melhora nesse quesito. “A prova era para especialistas, não era para egressos do curso. Se pegasse um ginecologista de 20 anos de experiência e aplicasse questões de cardiologia do Revalida, ele ia errar tudo. Essas questões eles aplicavam para médicos recém-formados. Hoje mudou”. Aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Revalida tem, desde a criação, baixas taxas de aprovação. Em 2011, 12,13% dos participantes foram aprovados. Em 2012, a porcentagem caiu para 9,85% e, 2013, para 6,83%. Em 2014, os aprovados aumentaram para 32,62%.
Substância derivada da romã tem propriedades antienvelhecimento, diz estudo

Foto: Divulgação
Pesquisadores da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça, descobriram que uma substância derivada da romã tem propriedades potenciais de antienvelhecimento. Resultados de testes com camundongos mostraram um aumento médio de 42% na resistência dos animais para correr após a aplicação da substância urolithin A. “Acreditamos que nossa pesquisa, descobrindo os benefícios de saúde de urolithin A, é uma promessa para reverter o envelhecimento muscular”, afirmou Patrick Aebischer, presidente EPFL e co-fundador da Amazentis. Segundo o jornal O Globo, a equipe trabalha em parceria com a empresa de biotecnologia Amazentis para desenvolvimento de um suplemento nutricional que pode aumentar a força muscular e resistência durante o envelhecimento. “É uma substância completamente natural, e seu efeito é poderoso e mensurável”, disse Aebischer. O primeiro estudo clínico com humanos deve ter seus resultados apresentados em 2017.
MP denuncia médico e atendente de mutirão de catarata que deixou pacientes cegos

Foto: Dênio Simões/ GDF
O Ministério Público de São Paulo (MP-SP), por meio da Promotoria de Justiça de São Bernardo do Campo, denunciou na última sexta-feira (8) o médico Paulo Barição e a atendente Verônica Maria da Conceição à Justiça, sob acusação de serem os responsáveis pelas lesões causadas a 20 pacientes durante um mutirão de catarata no município (veja aqui). Segundo a Agência Brasil, os profissionais foram denunciados com base nos artigos 129, Parágrafo 1º, Inciso III (debilidade permanente de sentido), por 12 vezes, e no mesmo artigo (perda de sentido) no Inciso IV (deformidade permanente) por oito vezes, combinados com o Artigo 61 (circunstâncias agravantes e por concorrerem para o crime) e pelo Artigo 71 (crime continuado). A denúncia da promotora Simone de Divitiis Perez aponta que 20 pacientes foram atendidos em um mutirão para operação de catarata depois de terem passado por consultas médicas e triagem prévia. Eles eram recepcionados no Hospital das Clínicas da cidade e encaminhados à sala de cirurgia. Na sala, a atendente Verônica Maria, que já havia esterilizado todo o campo cirúrgico, teria pingado os colírios para dilatação da pupila e preparado os pacientes para a cirurgia. Após as primeiras cirurgias, foi feito um intervalo para almoço. Ao retornar, teria sido feita somente a troca dos campos estéreis das mesas cirúrgicas e dos lençóis e uma troca de avental do médico. Porém, de acordo com o MP-SP, não foi feita a esterilização dos instrumentos para as sete cirurgias restantes. Nos dias após as cirurgias, os pacientes começaram a reclamar de fortes dores nos olhos e foram até o pronto-socorro. Eles foram atendidos pelo médico Paulo Barição, o mesmo que fez as cirurgias, e foi receitado aumento na dose do colírio. Dias depois, ao constatar-se a gravidade da situação, o médico teria começado a buscar ajuda de outros profissionais e teria contatado as vítimas para que fossem até o hospital. O advogado do médico Paulo Barição não atendeu às ligações da reportagem. A Agência Brasil não encontrou representantes da atendente Verônica Maria da Conceição.
Evento discute evolução para cura da hepatite C, com diagnóstico precoce como desafio

Encontro acontece no Bahia Othon Palace | Foto: Divulgação
Salvador recebe, entre os dias 13 e 15 de julho, a 19ª edição do Hepatologia do Milênio, que terá como um dos principais temas de discussão a chance de cura da hepatite C. Durante o encontro, especialistas abordarão as principais questões que envolvem a doença na atualidade. Os primeiros resultados com novos tratamentos de hepatite C apontam que, em apenas 12 semanas e com menos efeitos adversos, a chance de cura aumenta para 90%. O evento acontece no Bahia Othon Palace.
Medo do Zika: Ministro pede que atletas reconsiderem desistência de Jogos Olímpicos

Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, informou nesta terça-feira (12) que enviou cartas a todos os atletas que anunciaram desistência dos Jogos Olímpicos por medo do Zika. “A todos que, por meio da imprensa, vejo que estão em dúvida sobre sua participação tenho mandado cartas com dados informando as providencias tomadas. É importante que tenhamos aqui todos os atletas em seu melhor desempenho, de modo que a Olimpíada possa identificar os melhores atletas do mundo”, disse Barros. De acordo com o ministro, a ideia é passar tranquilidade para os atletas e pedir que reconsiderem a decisão de desistir da competição. O gestor esteve reunido na tarde desta terça, segundo a Agência Brasil, com representantes de 80 dos 205 países que participarão dos jogos para apresentar as ações de combate às doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti e tirar dúvidas. “Nosso objetivo é que eles recomendem aos atletas, técnicos e turistas que compareçam aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro”, acrescentou. Barros disse ainda que a probabilidade é que nenhum atleta pegue zika. “Os atletas em especial têm baixíssimo risco [de pegar zika], porque recebem um tratamento especial na cidade olímpica. Eles têm roupas especiais, repelentes à disposição e preservativos. Eles estão cobertos de uma atenção especial do Comitê Olímpico Internacional”.
Olimpíada: OMS lembra importância de vacinas contra sarampo e rubéola em viajantes

Foto: Daniel Guimarães/ A2img
A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) lembrou nesta terça-feira (12) a importância das pessoas que planejam ir aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, no Rio de Janeiro, se vacinarem contra sarampo e rubéola pelo menos duas semanas antes de viajar. As Olimpíadas irão ocorrer entre os dias 5 e 21 de agosto no Brasil, e serão seguidas das Paralimpíadas, que acontecerão entre 7 e 18 de setembro deste ano. A transmissão endêmica do sarampo foi interrompida, nas Américas, em 2002 e a transmissão de rubéola em 2009. Em 2015, um comitê internacional de especialistas certificou que a região havia eliminado a rubéola e a rubéola congênita. Os viajantes procedentes de países onde os vírus circulam que não se vacinarem podem reintroduzi-lo no hemisfério, o que preocupa, uma vez que uma comissão internacional espera poder declarar a região livre do sarampo em um futuro próximo. “É fundamental que todas as pessoas que viajarão para os Jogos estejam em dia com suas vacinas para poder manter a região livre do sarampo e da rubéola”, afirmou a diretora da OPAS, Carissa F. Etienne. A OPAS/OMS recomenda a todos os viajantes que, além de garantirem as vacinas de rotina, considerem tomar vacinas adicionais, dependendo de seus itinerários.
Unaids aponta que infecções por HIV tiveram aumento no Brasil

Foto: Reprodução / APA
Um relatório divulgado nesta terça (12) pela Unaids, conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids aponta que a redução de novas infecções por HIV em adultos tem estagnado e que alguns países, inclusive, tiveram aumento de novos casos. No Brasil, por exemplo, o número anual de novas infecções subiu de 43 mil, em 2010, para 44 mil, em 2015. Segundo a Unaids, o HIV atingiu o pico em 1997 e, desde então, o número de novas infecções diminui 40%. O problema é que não houve progresso na maioria das regiões entre 2010 e 2015. No Leste Europeu e Ásia Central, por exemplo, o número de novas infecções entre adultos cresceu 57, o Caribe registrou um aumento de 9% e Oriente Médio e o norte da África tiveram um aumento de 4%. O diretor-executivo da Unaids, Michel Sidibé, observou que o alarme está tocando. “O poder de prevenção não está sendo realizado. Se houver um novo aumento de novas infecções por HIV agora, a epidemia vai se tornar impossível de controlar. O mundo precisa tomar medidas urgentes e imediatas para acabar com a lacuna na prevenção.” O relatório aponta que em 2015 havia 36,7 milhões de pessoas com HIV no mundo, sendo 34,9 milhões adultos e 1,8 milhão de criança. Do total, 57% sabem que estão infectados, 46% já têm acesso a tratamento com drogas antirretrovirais e 38% conseguiram zerar sua carga viral. No Brasil, em 2010 eram 700 mil pessoas com HIV, em 2015 passaram a ser 830 mil. Em 2015 o número de novas infecções no país foi de 44 mil entre adultos e menos de 500 entre crianças. A Unaids estabeleceu metas para acabar com a epidemia de HIV no ano de 2030. . Elas propõem que, em 2020, 90% das pessoas infectadas sejam diagnosticadas. Dentro desse grupo, que 90% receba tratamento com antirretrovirais. E que, finalmente, 90% das pessoas em tratamento tenham carga viral zerada.
Rio 2016: Governo vai liberar R$ 72 milhões para saúde na Olimpíada

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, apresentou nesta terça-feira (12) o Centro Integrado de Operações Conjuntas da Saúde (CIOCS) que funcionará no Rio de Janeiro para monitorar as ocorrências de saúde envolvendo atletas, delegações e espectadores dos Jogos Olímpicos. Segundo o ministro, as ocorrências serão monitoradas por 24 horas pelos centros de operações instalados na cidade. Uma equipe do Ministério da Saúde composta por 125 profissionais vai atuar exclusivamente na coordenação do trabalho, realizado em parceria com os estados e municípios envolvidos. “O país tomou as providências para que os Jogos Olímpicos sejam realizados de forma tranquila e segura para os brasileiros e turistas durante as competições. O centro serve justamente para que a vigilância em saúde durante os jogos seja a mais eficaz e que possamos estar prontos para atender a qualquer ocorrência o mais rápido possível. Estamos preparados”, destacou Ricardo Barros. O CIOCS atuará no Rio direto no Centro de Operações Rio (COR) e será ativado no dia 29 deste mês, seguindo até 26 de setembro. O mesmo modelo de monitoramento, que foi utilizado em eventos como a Copa do Mundo e a Jornada Mundial da Juventude, será aplicado nas demais cidades que receberão os jogos (Salvador, Brasília, São Paulo, Belo Horizonte e Manaus). A estimativa internacional é que entre 1% e 2% do público em eventos de massa necessite de algum cuidado médico. Durante a Copa foi possível verificar que apenas 0,2% dos participantes necessitaram de atendimento. Com isso, durante o período da Olimpíada, é possível calcular cerca de 20 mil atendimentos e 700 remoções. Foram investidos R$ 72 milhões, pelo Ministério da Saúde, na compra, aparelhamento e custeio de 146 novas ambulâncias. Segundo o Ministério, após as Olimpíadas as ambulâncias serão distribuídas a outras cidades para renovação da frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Foram contratados, ainda 2,5 mil profissionais de saúde temporários e 3,5 mil agentes externos, para inspecionar e eliminar focos da dengue.
Pesquisadores afirmam que Zika pode reduzir crescimento da população brasileira

Foto: PAHO/ WHO
Pesquisadores do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar), um dos principais centros de demografia do Brasil, afirmaram que há a possibilidade de redução do crescimento da população brasileira devido ao surto do vírus Zika. Desde que estudos comprovaram pela primeira vez a associação entre o Zika e a microcefalia, o que levou casais a adiarem planos de gravidez, os pesquisadores passaram a discutir o possível impacto. “Ainda não temos dados suficientes disponíveis para determinar se haverá uma redução substancial no número de nascimentos, mas calculo que o impacto poderia ser entre 10% a 15%”, disse a demógrafa Laura Rodríguez Wong, professora do Cedeplar, à BBC Brasil. De acordo com o último boletim do Ministério da Saúde, foram confirmados 1.638 casos de microcefalia e outras alterações do sistema nervoso “sugestivos de infecção congênita” em todo o país até 25 de junho. Outros 3.061 casos suspeitos permanecem em investigação. Dados do IBGE registram cerca de 2,9 milhões de nascimentos em 2014. Com base na estimativa de Wong, a doença poderia reduzir entre 300 mil a 435 mil crianças nascidas no Brasil. Esse cenário aumentaria a tendência de encolhimento da população brasileira. Por sua vez, o demógrafo José Eustáquio Diniz, professor da Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE) do IBGE, não acredita em um impacto demográfico do Zika, porque muitas das gestações no Brasil não são planejadas. “Muitas adolescentes e mulheres que desejam adiar a gravidez neste momento não contam com o apoio das políticas públicas e nem o SUS é capaz de cumprir seu papel constitucional”, avaliou. “São as mulheres mais pobres que sofrem, pois, em geral, não possuem dinheiro para adquirir os meios para evitar a gravidez e nem para arcar com as dificuldades decorrentes de uma gestação indesejada e o risco de microcefalia dos fetos”.
Hemoba realiza coleta de sangue no Salvador Shopping e na Rodovia Conde Esplanada

Foto: Divulgação
A Unidade móvel da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) realiza coleta de sangue no Salvador Shopping até esta sexta-feira (15). A ação acontece na entrada da Praça de Serviços – Piso G1, das 8h às 17h. O outro Hemóvel estaciona na empresa Frysk Industrial, na Rodovia Conde Esplanada, Km 1 da BA-233. Em uma parceria inédita com a Hemoba, a empresa fará coleta de sangue e cadastro de medula óssea com funcionários e colaboradores, de quinta (14) a sexta-feira (15), das 8h às 16h. Para ser um doador, é necessário apresentar documento com foto, pesar acima de 50 kg, estar descansado (ter dormido pelo menos seis horas), não ingerir bebida alcoólica 12 horas antes, estar alimentado (evitar comidas gordurosas nas quatro horas que antecedem a doação) e ter entre 16 e 69 anos. Menores de 18 anos devem apresentar autorização escrita por pais ou responsável legal.
Federação critica proposta de avaliação nacional para estudantes de medicina

Foto: Shutterstock
A Federação Nacional dos Médicos (Fenam) divulgou nesta segunda-feira (11) uma nota contrária à proposta de uma nova avaliação nacional dos estudantes de medicina para obtenção do diploma (veja aqui). “A Fenam leva à sociedade, à categoria médica e aos estudantes de medicina sua posição contrária ao exame seriado, exame de ordem ou qualquer outra avaliação assemelhada com foco punitivo no estudante”, disse. A entidade acredita que as universidades têm autonomia para titular os seus formados, devendo o foco de qualquer avaliação ser dirigida para as faculdades, avaliação do conteúdo ministrado e qualidade de ensino. A Fenam destacou que os Conselhos Regionais de Medicina já têm atribuição de punir ou mesmo cassar os médicos por imperícia no exercício profissional , além das questões referentes à imprudência e negligência. “A Fenam entende que o melhor modelo é um teste de progresso para avaliação do aprendizado e dos conteúdos ministrados, avaliação do corpo docente, fiscalização da infraestrutura, para que haja o aperfeiçoamento contínuo do ensino nas faculdades de medicina. A comprovação de deficiência será causa de advertência, suspensão de novas vagas ou fechamento da faculdade”, sugeriu a federação. Ainda segundo a entidade, a obrigatoriedade dos exames seriados poderá provocar o surgimento de cursinhos preparatórios que poderão facilitar a abertura de novas faculdades “sem compromisso com a qualidade do ensino”. “Em vez da melhora do ensino teremos então a possibilidade de sua piora, com o aparecimento de bacharéis em medicina sem possibilidade do exercício profissional. Haverá a transformação da educação médica numa fraude, com frustração para pais e estudantes, enganados pelos que autorizaram faculdades a funcionar sem as devidas condições”, criticou.
UPA de Roma está com atendimento suspenso durante mês de julho

Foto: Divulgação
A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Roma está com atendimento suspenso até o dia 31 de julho. De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), a paralisação acontece devido à necessidade de adequação da estrutura física projetada para o Hospital da Mulher. No período em que a UPA estiver fechada, a população deve procurar outras Unidades de Pronto Atendimento existentes em Salvador.
Servidores estaduais da Saúde se reúnem para decidir sobre paralisação nos Jogos Olímpicos

Foto: Reprodução
Os servidores estaduais da Saúde se reúnem em assembleia nesta quarta-feira (13), às 16h, para discutir se a categoria vai paralisar as atividades durante o período dos Jogos Olímpicos Rio 2016, que será realizado entre os dias 5 e 22 de agosto. A assembleia será realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia (Sindsaúde-Ba) na Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia, na Rua Carlos Gomes. Os profissionais reivindicam o reajuste salarial do funcionalismo estadual, com data-base em 1º de janeiro. “O governo sequer chamou as entidades para negociar”, diz o sindicato em nota. A entidade ressalta que alguns trabalhadores trabalham com salário base abaixo do mínimo e que a categoria vem acumulando perdas de direitos nos últimos dois anos. “Em 2015, o governador cortou a insalubridade de milhares de trabalhadores, o que representou uma redução de até 40% nos rendimentos. Agora, o governo se recusa a pagar a progressão por tempo de serviço no plano de carreira para grande parte da categoria, desrespeitando o Estatuto do Servidor”, explica o sindicato. O Sindsaúde cita também perdas de mais de 18% em três anos, em decorrência da política de parcelamento do IPCA em 2013 e 2014, além de corte de diárias e gratificações.
Escola Bahiana realiza evento gratuito sobre distrofias musculares

Foto: Divulgação
A Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública promove no próximo sábado (16), das 8h às 12h, o encontro “Distrofias Musculares em Discussão”, no Pátio do Pavilhão II da Unidade Acadêmica Brotas. A abertura do evento, voltado para estudantes, profissionais, pacientes e familiares de portadores de distrofias musculares, será ministrada por Sheila Vasconcelos, membro da Aliança Distrofia Brasil (ADB). Em seguida, serão realizadas palestras com os temas “Atualização em Distrofias Musculares”, proferida pela neurologista Marcela Machado; “Cuidados com a Coluna”, pelo ortopedista Sergio Murilo dos Santos Andrade; “Alimentação Adequada para Pacientes com Distrofias Musculares”, pela nutricionista especializada em doenças neuromusculares Patricia Stanich; “Importância das Associações”, pela presidente da Associação Carioca dos Portadores de Distrofia Muscular (ACADIM), Maria Clara Migowisk. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (71) 3276-8281.
SOS Saúde da Bahia: Santas Casas de Itabuna, Poções e Conquista aderem a campanha

Santa Casa de Itabuna | Foto: Divulgação
A campanha SOS Saúde da Bahia (veja aqui), que busca incentivos para entidades filantrópicas, teve a adesão na última sexta-feira (8) das Santas Casas de Misericórdia de Itabuna, Poções e Vitória da Conquista. Lançada no último dia 1º pelo Hospital Martagão Gesteira e pelas Santas Casas de Misericórdia de Nazaré, Valença e Cruz das Almas, a campanha luta para que os valores repassados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) cubram o custo dos procedimentos realizados. Com o déficit, há risco de que serviços essenciais à população sejam suspensos, segundo as entidades. A Santa Casa de Cruz das Almas, por exemplo, realizava uma média de 12 mil procedimentos mensais antes de fechar em 2014. Para reabrir, embora reformada e com contrato firmado com a prefeitura local, é necessário acordo com o Estado, que ainda não assinou documento para repasse de cerca de R$ 300 mil por mês. Já a população de Nazaré, Valença e Vitória da Conquista pode ter uma redução de 12 mil, 20 mil e 34 mil procedimentos mensais, respectivamente.

Planos de saúde: Maioria das reclamações estão relacionadas a prestadores de serviços

Foto: Agência Brasil
Relatório divulgado nesta segunda-feira (12) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) revelou que a maior parte das reclamações de beneficiários de planos de saúde em 2015 estava relacionada a problemas com a rede credenciada, marcação, agendamento e descredenciamento de rede. O número chega a 39% do total. Já no segundo lugar, com 25%, estão as queixas sobre procedimentos de saúde, autorização, negativa de cobertura e de atendimento. Segundo a Agência Brasil, o levantamento também mostra que 14% das reclamações são sobre questões administrativas, 13% relativos a assuntos financeiros e 9% ao Serviço de Atendimento ao Cliente. Para o relatório, foram consideradas 508.141 manifestações de 66,7 milhões de beneficiários, feitas por 744 ouvidorias das operadoras de planos de saúde. O levantamento anual passou a ser obrigatório com a Resolução Normativa 323/2013 da ANS, que exige das operadoras a criação de estruturas de ouvidorias vinculadas à agência reguladora.
Terça, 12 de Julho de 2016 – 08:10

Odontomóvel atende população de Vera Cruz

Odontomóvel atende população de Vera Cruz

Foto: Divulgação
O município de Vera Cruz recebe, até o próximo sábado (16), o programa itinerante Saúde sem Fronteiras Odontomóvel. O atendimento é realizado em uma unidade composta por dez conjuntos odontológicos, onde trabalham, simultaneamente, até dez dentistas, além de profissionais que atendem nas tendas instaladas na parte externa e orientam sobre a saúde bucal. São ofertados serviços gratuitos de restauração, cirurgias de alta e baixa complexidade, tratamento de canal, colocação de coroa provisória, aplicação de flúor, exame radiológico, periodontia (tratamento de gengiva), entre outros. Enquanto aguardam, os pacientes são orientados sobre os cuidados com a saúde bucal. A unidade está estacionada na Rua São Bento (perto da Prefeitura), em Mar Grande. Para o atendimento, é necessário portar documento de identidade, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de residência.
Angola e Congo: Brasil exigirá atestado de vacinação contra febre amarela

Doença é transmitida pelo Aedes aegypti | Foto: Getty Images
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a exigência do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia para viajantes procedentes ou que se destinam a Angola e à República Democrática do Congo, na África. De acordo com resolução publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (11), a decisão está relacionada ao surto de febre amarela na região e atende recomendação do Comitê de Emergência da Organização Mundial de Saúde (OMS), atualizada em maio deste ano. O pedido de exigência temporária do certificado para viajantes procedentes ou que se destinam a ambos os países foi feito no início deste mês pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. Será considerado procedente de Angola ou da República Democrática do Congo o viajante que esteve nesses países nos sete dias anteriores a sua chegada ao Brasil. Viajantes com a vacina contra a febre amarela aplicada há menos de 10 dias terão a entrada permitida no país, mas ficarão em quarentena até que o certificado se torne válido ou por um período de até seis dias, contados a partir da última exposição possível à infecção. Em caso de contraindicação à vacina, será permitido o ingresso do viajante em território nacional mediante a apresentação de atestado médico em português, inglês, francês ou espanhol.
Cadeirante cria app colaborativo para avaliar e mapear locais acessíveis

Foto: Divulgação / Lucas Leite
Para driblar os problemas diários de locomoção enfrentados por quem tem deficiência, um cadeirante de Campinas desenvolveu um aplicativo colaborativo para consultar a acessibilidade dos estabelecimentos para pessoas com dificuldade de deslocamento. O Guia de Rodas, como foi chamado, permite que qualquer pessoa, inclusive quem não possui dificuldade, a avaliar lojas, supermercados, baladas, consultórios, entre outros. O app, que está disponível para Android e IOS, propõe facilitar a vida das pessoas que apresentam dificuldades de locomoção, sejam cadeirantes, idosos, gestantes, mães com filhos pequenos, entre outros. Para fazer a avaliação, os usuários levam em consideração informações da acessibilidade do local, como se há vagas especiais para estacionamento ou manobrista, se a entrada é facilitada, se há boas condições de circulação interna e se há banheiro para pessoas com deficiência.

As avaliações são divididas em cores, verde para acessível, amarelo para parcialmente acessível e vermelho para não acessível.  O app, que foi lançado em 15 de fevereiro, funciona por meio de GPS e também possui filtros de buscas, facilitando quem pretende saber quais são os estabelecimentos mais acessíveis em determinado bairro, cidade ou país. “Hoje 70% dos nossos avaliadores não possuem deficiência, e isso me deixa bem satisfeito. Estamos cumprindo um papel de agente conscientizador. Para a inclusão acontecer de uma forma tranquila e prazerosa, a gente precisa mostrar que ser acessível também é lucrativo. Os proprietários de locais que não se preocupam com acessibilidade esquecem que estas pessoas também são consumidoras e que vão preferir gastar seus dinheiros em locais que as receba bem”, ressalta Bruno Mahfuz, desenvolvedor do app. O aplicativo também está disponível para avaliações de estabelecimentos de Salvador e já conta com os julgamentos dos soteropolitanos. No aplicativo você poderá encontrar quais estabelecimentos receberam as maiores notas.

Estudo aponta que beijo pode transmitir vírus que causa infertilidade

Foto: Reprodução / Pixabay
Um estudo italiano recentemente publicado no periódico científico PLoS One, um vírus possivelmente transmitido pela saliva pode explicar a infertilidade sem causa de muitas mulheres. Para chegar a essa conclusão, cientistas da Universidade de Ferrara, na Itália, examinaram o útero de 66 mulheres – 30 com infertilidade primária – que nunca tiveram um filho – sem causa definida e 36 férteis. O vírus HHV-64 foi encontrado em 43% das pacientes inférteis. O vírus, que é um subtipo da herpes humana, não foi encontrado em nenhuma mulher com fertilidade normal. Os pesquisadores acreditam que o vírus se esconde no revestimento do útero e afeta as proteínas que ajudam a preparar o corpo para a gravidez.  As participantes infectadas com o HHV-6A também apresentaram níveis anormais de citoquinas, proteínas que desempenham um papel importante na fertilização dos óvulos e no desenvolvimento fetal. As mulheres também apresentavam níveis elevados de estradiol, hormônio que é alterado durante o ciclo menstrual e pode desencadear uma infecção por HHV-6ª. O vírus se replica nas glândulas salivares e pesquisas anteriores sugerem que ele pode ser transmitido pelo beijo. “Essa é uma descoberta surpreendente. Se confirmada, tem o potencial de melhorar a vida de várias mulheres inférteis”, disse Anthony Komaroff, professor de Harvard, nos Estados Unidos, que estudou o vírus.
Pesquisa descobre por que as pessoas não conseguem tomar apenas uma bebida

Foto: Reprodução / Pixabay
Pesquisadores da Universidade A&M Texas afirmam ter revelado a razão pela qual dificilmente as pessoas conseguem manter a meta de tomar só um drinque quando saem com os amigos. De acordo com os cientistas, o cérebro humano contém neurônios específicos chamados de D2, que alertam quando é a hora de parar. A letra “D” refere-se à dopamina, um mensageiro químico envolvido no sistema de recompensa do cérebro. O estudo comprovou que, quando as pessoas bebem mais do que deveriam, os neurônios D2 são desativados, o que faz com que as pessoas bebam ainda mais. Os pesquisadores alertaram, ainda, que o hábito de beber grandes quantidades em um curto espaço de tempo só enfraquece esses neurônios. A descoberta pode levar, no futuro, a algum tratamento que ative os neurônios D2 e ajudem a conter o alcoolismo.
Campanha #fortalizese promove corte e doação de cabelos para mulheres com câncer

Foto: Divulgação
Salvador recebe na próxima sexta-feira (15) a campanha #fortalizese, idealizada nacionalmente pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Exímia (unidade de negócios da FQM Farmoquímica) e Fundação Laço Rosa. A ação tem o objetivo de promover a doação de cabelos para mulheres em tratamento de câncer inscritas no Banco de Perucas da Fundação Laço Rosa. Profissionais de salões parceiros estarão na Arena Boca do Rio, das 8h às 14h, para cortar gratuitamente os cabelos de doadores. Os interessados ainda receberão orientações de dermatologistas sobre câncer de pele. “Convocamos o povo baiano a comparecer ao Bem Estar Global e a abraçar esta causa. Doe seus cabelos e sinta-se mais bonita por dentro. Compartilhar a causa #fortalizese em sua cidade nos ajudará a disseminar essa campanha em todo o país”, convidou o presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Gabriel Gontijo. Segundo ele, é necessário apenas ter 20 cm de cabelo.
Hábito de roer unha ou chupar dedo reduz risco de desenvolver alergias ao longo da vida

Foto: iStock
Um estudo desenvolvido na Universidade de Otago, Nova Zelândia, revelou que crianças que chupam o dedo ou roem as unhas apresentam menor risco de desenvolver alergias ao longo da vida. O relatório apontou que a exposição precoce aos germes ativa funções imunológicas, o que reduz o risco de alergias. Foram acompanhadas 1.037 crianças nascidas entre 1972 e 1973 até a idade adulta. Durante o estudo, segundo o jornal O Globo, os pais relataram os hábitos dos filhos de chupar o dedo e roer as unhas aos cinco, sete, nove e 11 anos. Quando as crianças completaram 13 anos de idade, os cientistas notaram que aquelas com os dois hábitos tinham 31% de chance de desenvolver alergias. Já os que chupavam dedo ou roíam unha apresentavam risco de 38%, enquanto crianças sem nenhum dos dois hábitos chegavam ao percentual de 49%. “Os resultados confirmam a ‘hipótese da higiene’, que sugere que a exposição precoce a micróbios reduz o risco de desenvolver alergias”, explicou o pesquisador Bob Hancox. Foi observado ainda que as características se mantiveram, mesmo aos 32 anos, independente de fatores familiares.
Salvador deve sediar cinco eventos médicos nacionais neste ano

Foto: Divulgação
Vinte dirigentes de entidades médicas nacionais estiveram em Salvador para participar do projeto Salvador nice to meet you, promovida pela Salvador Destination e a Secretária Municipal de Cultura e Turismo (Secult), com o objetivo de fazer da capital baiana referência na realização de congressos médicos. Após o encerramento da programação de 2016, foi pontuada a possibilidade da realização de pelo menos cinco eventos da área médica em Salvador ainda neste ano. “Queremos muito trazer, novamente, para Salvador o congresso nacional de Neurocirurgia. O último que aconteceu aqui, em 2010, foi um dos mais elogiados. Além disso, a Bahia é o berço da Medicina brasileira. Foi aqui que se fundou a primeira faculdade de Medicina, em 1808. Daqui saíram os primeiros médicos”, destacou o presidente da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Modesto Cerioni Junior. Durante três dias, os dirigentes conheceram hotéis e espaços para eventos da cidade e passearam por pontos turísticos e culturais. “Fiquei positivamente impressionado com o que vi. Já conhecia Salvador, mas agora tive um novo olhar. Percebe-se que a cidade está num momento de mudança. Estou muito entusiasmado para trazer nossos eventos para Salvador”, afirmou o presidente da Associação Brasileira de Medicina Preventiva e Administração em Saúde (Abrampas), Eduardo Fernandes D’Aguiar.
Lipoaspiração é o procedimento estético que mais mata no Brasil

Foto: Getty Images
Apenas em 2015, 900 mil cirurgias estéticas foram realizadas no Brasil. O que muitos não sabem é que os procedimentos podem até mesmo causar a morte dos pacientes. Em entrevista ao programa Bem Estar, o cirurgião plástico Luís Henrique Ishida afirmou que as mortes por lipoaspiração são as mais comuns entre os procedimentos. Ele ressaltou que o procedimento não tem o objetivo apenas de emagrecer, mas de modelar o corpo. Para isso, é necessário que o médico associe o volume de gordura que será retirado aos limites de segurança do paciente. Na maioria dos casos, segundo o especialista, as mortes estão relacionadas à falta de qualificação do médico responsável. Para que o profissional esteja habilitado em cirurgia plástica são necessários cinco anos de residência médica, dois anos em cirurgia geral e mais três anos em cirurgia plástica. Para se certificar da formação do médico, qualquer paciente pode acessar o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e verificar se o nome do profissional está cadastrado.
Diretora do Couto Maia afirma que Cremeb omitiu informações sobre obras na unidade

Foto: Divulgação
A diretora do Hospital Couto Maia, Ceuci Nunes, afirmou ter ficado surpresa com a denúncia do Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) sobre a unidade de saúde (veja aqui). De acordo com Ceuci, o levantamento realizado pela entidade omitiu informações sobre as obras para ampliação e melhora do atendimento. Outro ponto abordado pelo Cremeb foi a falta de medicamentos básicos para o tratamento dos pacientes. “No momento em que a unidade foi visitada, o estoque dos principais medicamentos, inclusive a maioria dos citados na matéria, estava completo”, disse a diretora. “O Hospital Couto Maia tem 163 anos e uma infraestrutura complexa, mas os indicadores são os melhores possíveis. Apenas para exemplificar, a taxa de letalidade de meningite, em 2015, foi de 3,2%. O percentual representou uma redução considerável, levando em conta que já chegou a 17% no passado, e a literatura médica aceita algo em torno de 10%”.
Porto Rico: Certidões de nascimento devem informar se mãe teve zika durante gravidez

Foto: Getty Images
Autoridades de saúde de Porto Rico anunciaram na última semana que as certidões de nascimento expedidas a partir de agosto na ilha devem informar se a mãe do recém-nascido teve zika durante a gravidez. De acordo com o diretor do Programa de Crianças com Necessidades de Saúde do Departamento de Saúde de Porto Rico, Miguel Valencia, o órgão implementará também no registro demográfico a informação sobre a circunferência da cabeça do bebê ao nascer. Além disso, segundo o site Terra, o dado deve estar expresso em centímetros e não em polegadas, como é comum na ilha. Espera-se que 130 bebês de mães com zika nasçam até o final do ano em Porto Rico.
Hospital Roberto Santos oferece atendimento vascular gratuito durante Bem Estar Global

Foto: Marcos Santos/ USP Imagens
O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) oferece atendimento vascular gratuito para a população de Salvador na próxima sexta-feira (15), durante o Bem Estar Global. Parceria entre o Sesi e a Rede Globo, o evento acontece no bairro da Boca do Rio, nas proximidades do antigo Aeroclube, e deve oferecer diversos serviços de saúde para a população. De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), Maurício Aquino, há a expectativa de atendimento de 250 pessoas, entre 8h e 14h. “Vamos entregar materiais informativos, realizar os atendimentos e, se identificarmos necessidade de intervenção, encaminharemos para solução no Hospital Roberto Santos, que é referência no assunto na Bahia”, explicou Aquino. Uma equipe de cerca de dez profissionais especializados em vascular estará à disposição do público do evento.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s