O Giro das Noticias

Atropelamento deixa uma pessoa ferida e trânsito congestionado na Av. Manoel Dias

Atropelamento deixa uma pessoa ferida e trânsito congestionado na Av. Manoel Dias

Foto: Leitor Metro1

Uma pessoa foi atropelada no cruzamento da Avenida Manoel Dias da Silva com a Rua Pernambuco, na Pituba, na tarde desta quarta-feira (12). De acordo com a Transalvador, o acidente não foi fatal. Um leitor do Metro1 disse que a vítima de atropelamento foi um idoso, mas a superintendência não soube confirmar essa informação.

Ainda segundo o órgão de trânsito, uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), o Corpo de Bombeiros, uma viatura da Transalvador e a Polícia Militar estão no local.

Tráfego

Por causa do acidente, o cruzamento da Avenida Otávio Mangabeira com a Rua Pernambuco está interditado temporariamente. Os motoristas precisarão seguir pela Rua Fernando Menezes de Góes para ter acesso à Manoel Dias, que está com o trânsito congestionado. A retenção já ocorre também na Avenida Professor Magalhães Neto.

Desde às sete da manhã a Transalvador registrou três acidentes com uma pessoa ferida na capital baiana.

Menina de dois anos baleada em tiroteio morre após um mês internada

Menina de dois anos baleada em tiroteio morre após um mês internada

Foto: Reprodução

A menina de dois anos que acabou sendo baleada durante um tiroteio, morreu, na noite noite da terça-feira (11), após ter ficado internada por mais de um mês no Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana.

O episódio em que a criança foi ferida também deixou um jovem de 18 anos morto. A confirmação da morte da criança foi dada pelo delegado Gustavo Coutinho, que investiga o crime, ao G1.

Segundo o delegado, a menina já tinha passado por algumas cirurgias. O enterro deve acontecer no Cemitério São Jorge, em Feira de Santana, na tarde desta quarta-feira (12).

O caso

No dia 1 de março, dois homens chegaram a um condomínio residencial do programa “Minha Casa, Minha Vida”, no bairro Mangueira, e dispararam contra um jovem de 18 anos, identificado como Thiago de Jesus Santos. O rapaz estava jogando dominó com os pais da menina de dois anos, que também estava no local e acabou sendo atingida.

Thiago morreu no lugar onde o crime aconteceu e a criança foi para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e depois foi transferida para o Hospital Estadual da Criança.

Relatora do TJ-BA vota pela inconstitucionalidade da lei que proíbe Uber

Relatora do TJ-BA vota pela inconstitucionalidade da lei que proíbe Uber

Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (12), durante o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a lei que proíbe o Uber em Salvador, sancionada pelo prefeito ACM Neto (DEM), a desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e relatora do processo, Soraya Moradillo, votou pela procedência da Adin.

“A lei municipal invade a competência privativa da União para legislar sobre direito civil e sobre as diretrizes nacional de transito e transporte”, declarou a desembargadora. Em consonância ao depoimento da relatora, o Ministério Público (MP-BA), autor da ação, defendeu que a lei é formalmente inconstitucional, uma vez que invade competência da União, além de ferir o direito à livre concorrência.

A relatora ressaltou que o Uber não não é serviço público, já que é direcionado a quem detém poder econômico para ter um smarthphone, com acesso à internet, diferente de outras modalidades de transportes como os táxis e ônibus. A desembargadora também afirmou que o serviço do Uber é prestado por meio de um contrato, a partir do momento em que o usuário faz o cadastro no aplicativo, sendo esta contratação regida pelo direito privado.

Votaram com a relatora os desembargadores Jatahy Júnior, Gardênia Duarte, Moacyr Montenegro Souto, Ilona Reis, Regina Helena Reis e Joanice Maria Guimarães de Jesus. Já o desembargador José Olegário Caldas pediu vistas do processo, o que deve postergar a decisão sobre o caso por mais alguns meses.

Mais uma vez, Plano Inclinado Gonçalves suspende atividades para manutenção

Mais uma vez, Plano Inclinado Gonçalves suspende atividades para manutenção

Foto: Tácio Moreira/ Metropress

As atividades do Plano Inclinado Gonçalves serão suspensas desta quinta-feira (13) até o próximo domingo (23) para a realização de manutenção. Apenas no ano passado, o equipamento passou por cinco manutenções.

Os reparos, segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), responsável pelo equipamento, são apenas preventivos.

O Plano Gonçalves é importante por ligar as cidades Alta e Baixa. A Semob sugere aos usuários do modal que utilizem o Elevador Lacerda durante os dias de manutenção. O equipamento transporta cerca de 10 mil pessoas diariamente.

Crise hídrica: Embasa planeja 3 dias com água e um de racionamento

Crise hídrica: Embasa planeja 3 dias com água e um de racionamento

Foto: Agência Brasil

A Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa), em decorrência da crise hídrica que afeta Salvador e a Região Metropolitana (RMS), está planejando um esquema de racionamento que consiste em um dia sem abastecimento de água na região para cada três dias com fornecimento normal. A informação foi divulgada ao Correio pelo diretor da concessionária responsável pelas operações da Região Metropolitana, Carlos Ramirez.

De acordo com a Embasa, as chuvas que atingiram a capital baiana nos últimos dias não chegaram à região dos mananciais que abastecem a cidade. “Não chegamos a ter nenhuma recarga nos níveis dos reservatórios, houve apenas uma estabilidade”, detalha Ramirez. Ainda segundo ele, “há expectativa de chuva nas regiões que abastecem Salvador, na região de Simões Filho, Mata de São João e Conceição de Jacuípe”.

O diretor afirmou que esta é a primeira vez nos 46 anos da empresa que se avalia a necessidade de racionamento na capital baiana. “Inicialmente vamos reduzir a vazão e depois rediscutir a necessidade de aumentar o volume retirado”, explica. A Embasa declarou que o impacto do racionamento deve ser maior em residências construídas sem planejamento, onde os reservatórios de água são menores.

Atentado em Cabul deixa pelo menos 5 mortos; Estado Islâmico reivindica autoria

Atentado em Cabul deixa pelo menos 5 mortos; Estado Islâmico reivindica autoria

Foto: Reprodução

Pelo menos cinco pessoas morreram e duas ficaram feridas nesta quarta-feira (12) em um atentado suicida próximo ao Palácio Presidencial do Afeganistão, em uma zona de alta segurança do centro de Cabul.

De acordo com o porta-voz da polícia de Cabul, Basir Mujahid, o ataque foi realizado por um homem que estava a pé e tentou se lançar contra um veículo de funcionários do governo perto do Escritório de Assuntos Administrativos do Palácio Presidencial, localizado a 400 metros do Ministério de Defesa. “Detonou seu colete (com explosivos) perto do veículo, e como resultado infelizmente cinco civis morreram e três pessoas ficaram feridas”, disse um porta-voz do Ministério do Interior do Afeganistão, Najib Danish.

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do atentado em um comunicado divulgado pela agência Amaq, filiada aos extremistas. Cabul tem sido palco de repetidos atentados neste ano.

Marcelo Odebrecht diz a Moro que Caixa 2 não é necessariamente propina

Marcelo Odebrecht diz a Moro que Caixa 2 não é necessariamente propina

Foto: Pedro de Oliveira/ ALEP / Agência Brasil

Em um de seus depoimentos de delação premiada, o empresário Marcelo Odebrecht disse que nem toda a verba repassada pela empresa para financiar campanhas de políticos era caixa 2. De acordo com Marcelo, alguns candidatos costumavam pedir que as doações não fossem contabilizadas para evitar reclamações dos partidos que recebem menos em campanhas.

Essa informação foi divulgada pelo empresário em depoimento dado ao juiz federal Sérgio Moro, na semana passada, na ação penal que acusa o ex-ministro Antonio Palocci de corrupção e lavagem de dinheiro. Questionado por Moro pelo motivo que fazia as doações acontecerem via caixa 2, Marcelo Odebrecht disse que isso variava, dependendo do relacionamento que se tinha com o político em questão.

“Nenhum candidato queria mostrar na sua declaração tudo o que ele gastava. As empresas também não queriam mostrar que apoiaram um candidato mais do que outro. Eu não sei quanto teve de caixa 2 para quem, mas eu posso afirmar que, se a gente tinha uma relação diferenciada com determinado político, com certeza ali tem caixa 2”, disse.

“Lista de Fachin”: ACM Neto diz que está tranquilo e aguarda conteúdo das delações

'Lista de Fachin': ACM Neto diz que está tranquilo e aguarda conteúdo das delações

Foto: Agência Brasil

Após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin divulgar os nomes de políticos citados nas delações da Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato, o prefeito ACM Neto afirmou nesta quarta-feira (12) que aguarda a revelação de todo o conteúdo dos depoimentos para, só após isto, se posicionar sobre o assunto. ACM Neto ainda declarou que está “absolutamente tranquilo” em relação à presença de seu nome na “Lista de Fachin”, e afirmou que, quando tudo for esclarecido, não restará dúvidas sobre sua inocência.

“Nós ainda não temos conhecimento sobre o conteúdo do que existe ou não existe que envolva o nosso nome. Apenas verificamos um despacho do ministro Fachin encaminhando à Justiça Federal. Espero que, o mais rápido possível, possamos ter acesso a todo o conteúdo em que eventualmente fui citado e mencionado pela colaboração da Odebrecht, de maneira que eu não só possa prestar todos os esclarecimentos, mas, também, a partir daí, não restar nenhuma dúvida da relação que mantive a vida inteira com a construtora que, aliás, respeita o meu desempenho como homem público, transparente, correto, defendendo o interesse público acima de qualquer outro”, disse.

Desembargadora do TJ-BA defende irregularidade na antecipação de cobrança do ITIV

Desembargadora do TJ-BA defende irregularidade na antecipação de cobrança do ITIV

Foto: Tácio Moreira /Metropress

A relatora da ação direta de inconstitucionalidade (Adin) contra a cobrança antecipada do Imposto de Transmissão Intervivos (ITIV) em Salvador, a desembargadora Dinalva Gomes Laranjeira Pimentel, apresentou nesta quarta-feira (12) o seu parecer e considerou o método adotado pela prefeitura soteropolitana irregular.

Os administradores da capital baiana alegam que uma suspensão da cobrança poderia prejudicar a arrecadação tributária da administração. O desembargador Maurício Kertzman Szporer leu o parecer da desembargadora e pediu vista do processo. O julgamento foi adiado para a próxima sessão, no próximo dia 26.

Concordaram com o voto da relatora pela irregularidade da cobrança antecipada os seguintes magistrados: Lícia Carvalho, Sílvia Zarif, Maria da Graça, José Cívero Landin, Gesivaldo Brito, Carlos Roberto Araújo, Heloísa Graddi, Nágila Brito, Gardênia Duarte, Jatahy Júnior, Moacyr Montenegro, Ilona Reis, Roberto Frank, João Bosco Seixas, Rita de Cássia Nunes, Lidivaldo Brito, Joanice de Jesus, Maria de Lourdes Medauar, Sandra Inês Azevedo, Lígia Lima, Raimundo Cafezeiro, Júlio Travessa, Maria de Fátima Carvalho, Abelardo Matta, Soraya Pinto e Aracy Borges.

Foram contra o voto de Pimentel os desembargadores Nilson Castelo Branco, Telma Brito, Lisbete Cézar Santos, Ivone Bessa, Regina Helena Reis, Baltazar Saraiva e Ivanilton da Silva.

Diretora de jornalismo da Globo cancela folgas e revolta funcionários; entenda

Diretora de jornalismo da Globo cancela folgas e revolta funcionários; entenda

Foto: Divulgação

Segundo o site Notícias da TV, a Rede Globo gerou revolta entre os funcionários da área de jornalismo ao cancelar a folga que aconteceria nesse feriado prolongado de Páscoa. Profissionais das cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, que iriam cobrir a abertura de inquérito contra ministros, senadores e deputados investigados por corrupção, determinada pelo ministro do STF Edson Fachin, foram diretamente afetados. A decisão foi tomada pela diretora de jornalismo do canal, Silvia Faria.

Quem tomou a decisão de cancelar a folga dos jornalistas, que também afetará repórteres, produtores e cinegrafistas, foi a diretora de jornalismo do canal, Silvia Faria. De acordo com a publicação, muitos profissionais já estavam com viagens marcadas e com hotéis pagos em vários lugares do Brasil.

Os profissionais argumentam que a lista de Fachin deve perder força no máximo até quinta-feira e que, devido ao recesso de parlamentares, não haverá quase nada para fazer na sexta-feira, no sábado e no domingo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s