Politica

Resultado de licitação do Banco do Brasil foi divulgado por jornal com antecedência

Resultado de licitação do Banco do Brasil foi divulgado por jornal com antecedência

Foto: Reprodução/EBC

O resultado da licitação para a publicidade do Banco do Brasil foi publicado pelo jornal Folha de S. Paulo quatro dias antes da abertura dos envelopes oficiais, na última segunda-feira (24). Entre as empresas que disputaram, a Multi Solution vai gerir as propagandas do banco nos próximos 12 meses. É a concorrência de maior valor realizada pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB).

A informação havia sido registrada em cartório pelo jornal e publicada em um anúncio na seção de classificados. O informativo tinha o nome da empresa e o número da concorrência que ela venceria. De acordo com o jornal, houve direcionamento na estatal para que a Multi Solution estivesse entre as contratadas pelo banco, que por sua vez, negou favorecimento.

Três empresas de propaganda foram selecionadas – entre elas a Multi Solution – e vão dividir um contrato de até R$ 500 milhões/ano por até 60 meses.

Eleições 2018: “Se for Lula e Doria, Lula dá de goleada”, afirma Levi Vasconcelos

Eleições 2018: 'Se for Lula e Doria, Lula dá de goleada', afirma Levi Vasconcelos

Foto: Tácio Moreira/Metropress

A edição desta terça-feira (24) do Jornal do Meio-Dia, da Rádio Metrópole, foi especial. Isso porque, Mário Kertész recebeu os jornalistas baianos Levi Vasconcelos, Osvaldo Lyra e Raul Monteiro, que discutiram a política e os problemas brasileiros. Entre os tópicos debatidos, surgiu o nome do atual prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), e a possibilidade de ele estar entre os presidenciáveis na eleição de 2018.

Comparando Doria a Jânio Quadros, Levi afirmou: “Jânio tinha traquejo. Doria começou caçando grafiteiro. Um país da dimensão do Brasil. Na época que Jânio se candidatou, não tinha rede social. O que Doria representa no Nordeste? Se botar Lula, dá de goleada. Se Lula ficar impedido, tem Ciro Gomes. É o plano B do PT. E a oposição tem o quê? João Dória?”.

Já para Raul, Doria é imprevisível. “O sistema implodiu e como vem sendo retratado aponta para a intensificação do clima de confiança e a falta de perspectiva. Não acho João Doria a réplica de Jânio Quadros, mas é imprevisível. Ele é o único que por não ter estado antes na política, não vai ter vínculo. A gente precisa de lideranças que tira a gente dessa situação”, acrescentou.

Jornalistas discutem cenário político e econômico do país: “Vamos sangrar até 2018”

Jornalistas discutem cenário político e econômico do país: 'Vamos sangrar até 2018'

Foto: Tácio Moreira/Metropress

O atual cenário político do país, a crise econômica e os reflexos para a população brasileira foram assuntos da conversa entre Mário Kertész e os jornalistas baianos Levi Vasconcelos, Osvaldo Lyra e Raul Monteiro, no Jornal do Meio-Dia, da Rádio Metrópole, nesta terça-feira (25). Especialistas em política, os profissionais destacaram problemas do país.

Para Osvaldo, “o sistema político está equivocado”. “Ninguém tem uma solução. Qual o modelo que nós vamos seguir? Vamos conseguir fazer mudanças até 2018? Acho difícil ter avanço até o próximo ano. Quero ver como um candidato a governador vai pegar avião para fazer campanha no estado. De onde vai vir o dinheiro? Quem vai pagar a conta? Não tem uma solução”, opinou.

Por sua vez, Levi lembrou a delação do fim do mundo e destacou as declarações dadas até o momento. “É uma situação complicada. Estamos em um sistema político eleito neste modelo que agora está sendo criminalizado. Até na selva amazônica, a Odebrecht está comprando índio. Esse já era o jogo, desde muito tempo”, afirmou.

“De uma hora pra outra tudo virou crime e a representação política que temos é essa. A única regra certa para 2018 é que não vai ter dinheiro, e o povo está dizendo: Vou votar a favor da reforma da Previdência a troco de quê? Se Temer tiver sensatez, convoca uma eleição direta para dar legitimidade ao governante para fazer as reformas. Vamos sangrar até 2018”, acrescentou.

Mirando eleições, Lula espera desculpas da Rede Globo: “Quero a verdade”

Mirando eleições, Lula espera desculpas da Rede Globo: 'Quero a verdade'

Foto: Reprodução/Instituto Lula

Mirando as eleições de 2018, o ex-presidente Lula (PT) segue provocando acusadores e garantindo que é inocente em ações da Operação Lava Jato nas entrevistas que concede. Na manhã desta terça-feira (25), o petista falou à Rádio Cidade, no Rio Grande do Norte, que espera um pedido de desculpas da TV Globo pela veiculação de “mentiras”. “Se tem um cidadão neste país que quer a verdade, sou eu. Quero ver como a Rede Globo vai pedir desculpas pra mim”, afirmou. A declaração de Lula foi replicada nas redes sociais.

Presidente do FNDE anuncia liberação de R$ 110 mi para prefeituras baianas

Presidente do FNDE anuncia liberação de R$ 110 mi para prefeituras baianas

Foto: Tácio Moreira/ Metropress

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por meio do seu presidente, Silvio Pinheiro, vai anunciar nesta quinta-feira (27), a liberação de R$ 110 milhões para prefeituras do estado da Bahia.

Segundo o órgão, R$ 13 milhões serão destinados à retomada de obras paradas em escolas, creches e quadras poliesportivas. Já R$ 74 milhões serão usados na construção de novas creches e R$ 23 milhões serão investidos na aquisição de 107 ônibus do Caminho da Escola, que beneficiarão 86 municípios baianos.

O anúncio acontecerá na cidade de Vitória da Conquista e faz parte da política do FNDE para tentar reaproximar as prefeituras do Brasil. “Nosso compromisso é garantir que os prefeitos retomem suas obras, gerem emprego, façam a economia girar e, principalmente, queremos assegurar que nossas crianças tenham acesso a uma educação de qualidade. Nós encontramos um cenário muito ruim na Bahia, muitas obras paralisadas e muitas por iniciar, muitos pedidos de ônibus escolares não atendidos, e nosso esforço é no sentido de mudar esse quadro”, destacou Pinheiro em nota enviada à imprensa. Também serão entregues ônibus do Caminho da Escola para os prefeitos dos municípios beneficiados., durante o evento.

Governo do  estado recebe 100 fuzis da Marinha na manhã desta terça-feira

 Governo do estado recebe 100 fuzis da Marinha na manhã desta terça-feira

Governo da Bahia

Uma cerimônia, em que serão entregues 100 unidades do Fuzil Automático Leve – FAL 7,62 mm, doados pela Marinha do Brasil à Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP), na manhã desta terça-feira (25), contará com a presença do governador do estado, Rui Costa (PT). A solenidade será realizada no Comando do 2º Distrito Naval, no bairro do Comércio, com a apresentação do armamento que será entregue à polícia baiana.

Segundo o governo, dos 100 fuzis, 85 serão destinados à Polícia Militar e 15 à Polícia Civil da Bahia. O armamento fazia parte da reserva estratégica da Marinha do Brasil e passou por revisão e manutenção no Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais, na cidade do Rio de Janeiro, antes de ser disponibilizado para a doação, que atendeu a uma solicitação da SSP.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s