O BOI CAIU

‘Mercopress’: EUA não têm prazo para retorno de importações de carne do Brasil

Envio de carne para os EUA foi avaliado em  US$ 58,1 mi de janeiro a junho de 2017

Matéria publicada nesta terça-feira (18) pelo jornal venezuelano Mercopress relata que o secretário da Agricultura dos EUA disse que o Brasil precisa evoluir nas inspeções antes que pedir qualquer definição de prazo para acabar com a proibição dos EUA sobre as importações de carne.

Segundo a reportagem o secretário de Agricultura Sonny Perdue e seu colega brasileiro Blairo Maggi se encontraram em Washington, DC, na segunda-feira para discutir a proibição que entrou em vigor em 22 de junho.

Os Estados Unidos disseram que uma alta porcentagem de envios de carne do Brasil não passou nos testes de segurança. Em junho, os Estados Unidos bloquearam as remessas de carne brasileira fresca e disseram que encontraram abscessos na carne e sinais de falha sistêmica de inspeções do maior exportador de carne do mundo, acrescenta.

Em março, empresários do setor de carnes brasileiros foram atingidos por um escândalo envolvendo altos funcionários de saúde, que levaram a uma breve interrupção das exportações brasileiras de carnes dos principais mercados globais da China para a Europa, lembra Mercopress.

Em março, empresários do setor de carnes brasileiros foram atingidos por um escândalo envolvendo altos funcionários de saúde
Em março, empresários do setor de carnes brasileiros foram atingidos por um escândalo envolvendo altos funcionários de saúde

Os fazendeiros de gado brasileiros disseram acreditar que os abcessos estavam ligados a vacinas contra a febre aftosa usadas no Brasil, o único país onde a febre aftosa pode ser encontrada em gado que segue para os Estados Unidos porque usa vacinas, explica o texto.

Após a reunião, o Ministério da Agricultura do Brasil divulgou uma gravação das observações de Maggi em que ele disse que os Estados Unidos poderiam levantar uma proibição de importações de carne bovina brasileira fresca em 30 a 60 dias, mas a decisão final seria tomada após a análise das informações apresentadas pelo Brasil, informou.

Os embarques de carne fresca para os Estados Unidos representam 3% das exportações brasileiras de carne e valeram US $ 58,1 milhões de janeiro a junho. No entanto, ter acesso ao mercado dos EUA é de influência decisiva para outros mercados, aponta Mercopress.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s